Um analista que faz análise???!!!!

Sempre me deparo com essa perplexidade quando respondo o tempo de minha análise pessoal. Há um certo descrédito leigo de que um excelente analista estaria numa condição de não precisar mais disso. Como um pedestal de: EU NÃO TENHO PROBLEMAS PORQUE SOU ANALISTA,ORA!Bem afirmação complicada essa já que estar na vida é problema! O que torna algo problemático mais sintomático é a maneira como transitamos em meio a eles. Lacan em seu artigo Critica da Contra- transferência (1992) fez um intrigante apontamento: que quanto mais e melhor analisado o analista for melhor dimensionada estaria sua capacidade de percepção,entendimento e acolhimento do que está se passando na analise de seu analisando. Ora! Isso então traz uma contradição vantajosa a perplexidade que respondo. Um analista, então, que tenha passado por um longo processo de análise ou que ainda faça terá maiores condições de separar o que pertence a si do discurso relatado de seu analisando. Assim sendo, menores são as chances de confundir suas projeções com aquilo que introjeta do discurso escutado para depois devolvê-lo ao seu analisado. Por isso: Mais vale um analista analisado na mão, que dois voando!

Esse post foi publicado em Formação e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s